NOTÍCIAS - pista

Data de Publicação: 10/11/2014.

Ciclismo de Pista do Brasil encerra participação na Copa do Mundo com 13º lugar na Omnium

Gideoni Monteiro disputou seis provas dentro da Omnium e terminou em 13º lugar geral


Seleção Brasileira de PistaCrédito: CBC/Divulgação
O ciclista brasileiro Gideoni Monteiro fez uma apresentação muito positiva durante a disputa da prova Omnium, válida pela primeira etapa da Copa do Mundo de Ciclismo de Pista, que foi realizada entre os dias 7 e 9 de novembro, em Guadalajara, no México. Gideoni conquistou a 13ª colocação geral na prova entre 23 competidores.
Treinando e competindo na Europa por pouco mais de um mês, Gideoni Monteiro é o mais recente integrante do Projeto de Intercâmbio da Confederação Brasileira de Ciclismo, que trabalha na preparação dos atletas potenciais do ciclismo nacional através de intercâmbios e acompanhamento diário por equipes multidisciplinares, além da participação nas principais competições do calendário mundial.
Em Guadalajara, Gideoni participou pela primeira vez de uma etapa da Copa do Mundo. O brasileiro não decepcionou ao conquistar a 13ª colocação geral (130 pontos) na prova Omnium, disputada neste domingo (9). Nesta prova, os ciclistas precisam competir em seis outras provas que compõem o programa da Omnium (Scratch, Eliminação, Perseguição Individual, 1km Contra-Relógio, Fly Lap e Prova Por Pontos). Quem alcançar a maior quantidade de pontos após a realização de todas as provas é declarado o grande campeão.
“Estou bastante feliz com o meu desempenho. Essa foi a minha primeira Copa do Mundo e conseguir sair com um resultado positivo, disputando contra os melhores do mundo é muito importante para o nosso amadurecimento e crescimento profissional”, destacou Gideoni.
A medalha de ouro foi conquistada pelo ciclista alemão Lucas Liss, que acumulou 192 pontos. O australiano Glenn O’Shea, terminou com a medalha de prata ao conquistar 186 pontos e o americano Bobby Lea, finalizou com a medalha de bronze, depois de marcar 179 pontos.
O brasileiro Flávio Cipriano ainda disputou a prova de Velocidade Individual e terminou na 36ª colocação. O australiano Matthew Glaetzer terminou com a medalha de ouro, seguido pelo britânico Jason Kenny e o colombiano Fabian Zapata.
O técnico da seleção, Emerson Silva, acredita que o primeiro passo rumo a 2016 já foi dado, agora é manter a regularidade e aperfeiçoar as falhas que foram encontradas. “Encerramos a participação na primeira etapa da Copa do Mundo bastante confiantes. Tivemos uma grande evolução e já conseguimos conquistar pontos importantes para a classificação Rio 2016. O próximo passo é aperfeiçoar os erros que foram encontrados e manter a preparação para as próximas etapas da Copa do Mundo”, declarou Emerson.
A Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista participou da primeira etapa da Copa do Mundo composta por quatro atletas: Flávio Cipriano, Diefferson Borges, Kacio Freitas e Gideoni Monteiro. A delegação foi formada pelo técnico Emerson Silva, o fisioterapeuta Jivago Salinet e o mecânico Evandro Oliveira.
 
Calendário da Copa do Mundo de Pista 2014/2015
1ª etapa – Guadalajara – (8-9/11/2014)2ª etapa – Londres – (5-7/12/2014)3ª etapa – Cali – (17-18/01/2015)
 
ASSESSORIA DE IMPRENSACONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO

 


 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - pista

VER TODAS